Uma mulher acusou o ator Ansel Elgort, que estrelará a aguardada adaptação de Steven Spielberg para “Amor, Sublime Amor”, de abuso sexual e assédio em 2014, quando ela tinha apenas 17 anos. Gabby, que não revelou seu sobrenome, usou o Twitter para contar sua versão da história. Ela descreveu que o encontro sexual entre ambos não foi consensual e que, enquanto ela chorava, o astro disse as palavras “nós precisamos te amaciar”.

De acordo com o relato, Gabby mandou uma mensagem privada, em 2014, para Ansel, avisando que ela faria 17 anos em breve. Elgort, então, teria compartilhado sua conta privada no Snapchat e pedido fotos íntimas para a garota. Ela chegou a compartilhar uma foto em que aparece ao lado dele, além de um print de suas conversas.

Diante da repercussão do caso, Gabby deletou todas as suas redes sociais. Na mensagem original, ela afirmou que resolveu quebrar o silêncio para “finalmente se curar”, já que desenvolveu stress pós-traumático e síndrome do pânico.

Nem Ansel, nem seus representantes falaram sobre o caso.