A série “Lucifer” teve sua sexta e última temporada anunciada na semana passada. A produção, que acompanha a vida do Diabo após trocar a vida no Inferno por Los Angeles, foi duplamente salva pela Netflix. Originalmente, “Lucifer” era exibida na Fox, mas foi cancelada em seu terceiro ano e, depois de uma intensa campanha dos fãs, a plataforma streaming adquiriu os direitos de exibição da série e garantiu mais duas temporadas.

Em junho do ano passado, a Netflix anunciou que o quinto ano seria o último de “Lucifer”, porém, novamente atendendo aos pedidos dos fãs, a série ganhará mais uma leva de episódios para encerrar sua história.

Relembre abaixo outras séries que também foram ‘salvas’ pelos fãs:

Brooklyn Nine-Nine

Comédia queridinha das redes sociais, “Brooklyn Nine-Nine” chegou a ser cancelada em 2018 pela Fox. Na época, a série estava em sua quinta temporada e um dia após o anúncio do cancelamento, “B99” foi adquirida pela NBC e segue firme e forte na emissora. No início deste ano, a sitcom exibiu a sua sétima temporada.

Community

“Community” é um exemplo clássico de altos e baixos que uma produção com audiência restrita pode sofrer. Apesar do sucesso inicial, a saída de nomes do elenco principal no decorrer dos anos foi enfraquecendo a audiência e, em sua quinta temporada, a produção foi cancelada pela NBC. Após os fãs apelarem muito para que o manta “seis temporadas e um filme” fosse cumprido, o Yahoo Screen produziu a sexta temporada da comédia. O filme, até agora o momento, não saiu do papel.

Arrested Development

A comédia “Arrested Development” foi mais uma produção interrompida precocemente pela Fox. A sitcom, que já tinha exibido três temporadas na emissora, foi resgatada pela Netflix em 2013 e ganhou mais duas temporadas no novo lar, a última exibida em 2018. Apesar do hiato, a série não foi cancelada oficialmente até o momento.

Futurama

A animação espacial do mesmo criador de “Os Simpsons”, Matt Groening, foi exibida continuamente na Fox entre 1999 e 2003. Deste ano em diante a emissora deixou de encomendar novos episódios de “Futurama”, que lançou dois filmes direto para DVD. Em 2010, a série foi adquirida pelo Comedy Central e exibiu episódios inéditos até 2013.

Sense 8

Reprodução

O cancelamento de “Sense 8” foi uma das maiores decepções do público com a Netflix. Após somente duas temporadas, a gigante do streaming decidiu encerrar a trama criada pelas irmãs Wachowski. O final aberto, no entanto, fez os fãs se revoltarem nas redes sociais exigindo um desfecho digno para a produção – e deu certo, “Sense 8” ganhou mais um episódio para encerrar a história como ela merecia.

Veronica Mars

Apesar de estar de volta com uma temporada inédita na HBO, “Veronica Mars” teve um resgate anterior durante sua exibição original no início dos anos 2000. A série foi cancelada sem aviso prévio pela CW após sua terceira temporada, em 2007, e uma campanha iniciada na web pelos fãs arrecadou mais de US$ 5 milhões para a trama ganhar um desfecho como filme, que estreou em 2014.

The Mindy Project

A série criada e estrelada por Mindy Kaling, conhecida por viver a Kelly em “The Office”, foi cancelada em 2015 pela Fox. De olho no potencial da história, o Hulu adquiriu o diretos de “The Mindy Project” e produziu mais três anos de episódios inéditos. A série foi finalizada com seis temporadas em 2017.