Tom Cruise e a equipe de “Missão: Impossível 7” não vão precisar cumprir os 14 dias de quarentena para voltar ao Reino Unido para continuar as gravações do filme.

Na semana passada, o Reino Unido anunciou que visitantes de vários lugares, entre eles Brasil e Estados Unidos, precisariam cumprir uma quarentena de 14 dias antes de entrar no país para evitar a propagação da Covid-19. A regra, no entanto, foi suspensa para Tom Cruise e a equipe do filme, que estão nos EUA.

O secretário de cultura do Reino Unido, Oliver Dowden, explicou a decisão. “Os maiores blockbusters do mundo e grandes programas de TV são gravados no Reino Unido. Nossa criatividade, experiência e política de impostos fazem com que o país seja procurado por produtoras e isso gera um retorno para nossa economia”, disse. “Nós queremos que a indústria volte a crescer, e isentar um pequeno grupo de cumprir a quarentena faz parte do nosso compromisso de fazer as coisas voltarem a funcionar de maneira segura”, continuou.

Ainda segundo o governo, a exceção à regra vale apenas para a Inglaterra – outros lugares do Reino Unido têm a própria legislação em relação a isso. As gravações vão acontecer em um estúdio da Warner Bros. próximo a Londres.

A produção de “Missão: Impossível 7” parou em fevereiro por causa da pandemia e será retomada em setembro. Por isso, o lançamento do filme foi adiado para 19 de novembro de 2021.