O balanço divulgado neste domingo (19) pela Organização Mundial de Saúde (OMS), aponta que o sábado foi mais um dia de quebra de recorde no número de casos de infecção pelo novo coronavírus, com 259.848, o que faz com que o total desde o início da pandemia da Covid-19 supere a marca de 14 milhões. Esse é o terceiro dia consecutivo em que o planeta atinge a maior quantidade de contágio. De quinta-feira para sábado, no entanto, o crescimento foi de mais de 33 mil casos, segundo os dados apresentados pela OMS, às 5h35 (de Brasília).

Neste domingo, a agência ainda indicou que, pela primeira vez desde 3 de maio foi superada a marca de 7 mil mortes por Covid-19 em um mesmo dia. Ontem, foram 7.360 óbitos, o que faz com que a quantidade total suba para 597.105. O continente americano acumula 7,3 milhões de casos e 305 mil mortes, superando a Europa, que teve 3 milhões infecções e 206 mil óbitos.

O sul da Ásia, com 1,4 milhão de casos, superou o Oriente Médio, que tem 1,3 milhão, graças ao aumento no contágio em países como a Índia e o Paquistão. O Brasil segue sendo o segundo país mais afetado, atrás dos Estados Unidos, e à frente de Índia, Rússia e Peru, que completam o grupo dos cinco países com mais casos.

De acordo com a OMS, mais de 8,6 milhões de pessoas se recuperaram da infecção pelo novo coronavírus. Além disso, dos 5 milhões de casos ainda ativo, 60 mil são de pessoas que estão em estado grave o crítico.

*Com Agência EFE