SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) – Claudia Raia, 53, relembrou o ensaio que fez para a revista “Playboy” em 1984, quando tinha apenas 17 anos. A atriz foi apresentada pela revista como Maria Cláudia, a “estrela-sensação” do musical “Chorus Line”, que ela estrelava na época.

“Fui falar com a minha mãe [sobre o ensaio com nudez] e perguntei se daria problema para mim”, contou em live realizada pelo Canal Brasil. Segundo Claudia, a proposta era fazer um “ensaio bonito, inspirado no musical”.

“Vim de uma família muito livre”, relatou. “Ela me respondeu: ‘Problemas sempre tivemos. Se é um trabalho que te coloca dona do seu corpo, se é o seu corpo que você está mostrando, então aceite. Você é dona da sua vida. Vamos nessa, e mamãe estará de mãos dadas contigo’.”

Claudia diz que não se arrepende do ensaio, mas que na época a mãe dela foi quem mais pagou o preço da “ousadia”. “Dos 800 alunos que minha mãe tinha na escola de dança, sobraram só quatro”, disse. “Ela perdeu a maioria dos alunos na época.”

Apesar dos contratempos, o ensaio alçou Claudia Raia a estrela de alcance nacional. No mesmo ano, ela passou a integrar o elenco do humorístico “Viva o Gordo”, na Globo. Na época, ela chegou a namorar com Jô Soares, com quem trabalhava na atração. Dois anos depois, ela fez sua estreia em novelas em “Roque Santeiro” (1985-1986).

A atriz era muito ligada à mãe, Odette, que morreu em 2019, aos 95 anos.