As escolas privadas da cidade do Rio de Janeiro poderão retomar as atividades a partir de 3 de agosto. A definição veio após encontro do prefeito Marcelo Crivella (Republicanos) com representantes das instituições de ensino.  A informação foi dada pelo próprio prefeito. “Tive um encontro com representantes de escolas privadas, que querem voltar, de forma voluntária, dia 3 de agosto”, declarou, ressaltando que cada instituição poderá definir se pretende retomar as atividades ou não. “Voltar de maneira voluntária, seguindo todas as regras da vigilância sanitária.”

De acordo com a Prefeitura do Rio, o retorno da rede privada será “facultativo a professores, funcionários e pais de alunos que assim desejarem”. O retorno às aulas da rede pública, por sua vez, ainda não tem data definida. “A escola pública nós vamos debater esta semana, e eu não sei o que vai ser decidido”, disse Crivella.