Onyx Lorenzoni anunciou, nesta segunda-feira (20), que testou positivo para Covid-19. O ministro da Cidadania usou sua conta no Twitter para compartilhar o resultado do exame e aproveitou para revelar que já está tomando a cloroquina – medicamento que não tem sua eficácia comprovada contra a doença causada pelo novo coronavírus, mas que é amplamente apoiado pelo presidente Jair Bolsonaro. “Desde sexta-feira estou seguindo o protocolo de azitromicina, ivermectina e cloroquina e já sinto os efeitos positivos”, disse Onyx.

O ministro começou a sentir os sintomas na quinta-feira à noite, segundo o próprio, e fez os exames para detectar o diagnóstico. Ele esteve em contato com  Bolsonaro antes de o presidente testar positivo. Bolsonaro se recupera há quase duas semanas da doença e tem compartilhado repetidas vezes em suas redes sociais o seu tratamento com a cloroquina.

Bolsonaro já tinha tido suspeita da doença em março, quando a pandemia ainda chegava ao Brasil. Ele fez uma viagem aos Estados Unidos e pelo menos 23 integrantes da comitiva foram infectados pelo coronavírus, incluindo o secretário de Comunicação, Fábio Wajngarten. Ele, no entanto, testou negativo em todos os exames.