A Rússia anunciou nesta segunda-feira, 20, o sucesso da fase de testes de uma vacina contra o coronavírus, realizada pelo Ministério de Defesa em parceria com o Centro Nacional de Epidemiologia e Microbiologia de Gamaleya. Em nota, o governo afirmou que todos os voluntários desenvolveram uma resposta imunológica contra a Covid-19 após receberem a vacina, que não apresentou complicações, efeitos colaterais ou reações indesejadas.

Os voluntários foram vacinados em dois grupos: o primeiro em 18 de junho, o segundo 23 de junho, que recebeu alta nesta segunda-feira. No próximo dia 4 de agosto, todos passarão por uma nova série de exames para confirmar os resultados e a segurança da vacina. O comunicado enfatiza que os testes foram realizados “em estrita conformidade com a metodologia científica e a legislação vigente, sem encurtar os termos da investigação, a fim de evitar riscos subsequentes”.

Outros países também estão em busca de uma vacina contra o coronavírus, como os Estados Unidos, China e Reino Unido, cujo chefe da diplomacia, Domic Raab, afirmou ter “absoluta certeza” de que espiões russos estão tentando sabotar a pesquisa britânica voltada à vacina contra a Covid-19. O governo russo nega todas as acusações.

A Rússia registrou mais de 770.000 casos de coronavírus e mais de 12.300 vítimas fatais da doença. 

*Com Agência EFE