Dois ministros confiram na segunda-feira (20) que testaram positivo para a Covid-19. O ministro da Educação, Milton Ribeiro, que tomou posse na semana passada e o ministro da Cidadania, Onyx Lorenzoni. No dia da posse, o ministro da Educação cumprimentou pelo menos dois outros ministros: da casa civil, Braga Neto e da secretaria geral, Jorge Oliveira. Milton Ribeiro afirmou ainda na segunda que estava medicado e que trabalharia de casa.

Já o ministro da cidadania, Onyx Lorenzoni informou que sentiu os primeiros sintomas da doença na quinta-feira (16) e fez o teste para a doença na sexta-feira. Assim como o presidente Jair Bolsonaro, Onyx disse que começou a tomar a cloroquina antes mesmo da confirmação do resultado positivo. Ele afirmou ainda que tomou também a azitromicina e ivermectina. Assim como o presidente, Onyx Lorenzoni não tem o costume de usar máscara com frequência. Em conversa com apoiadores, Jair Bolsonaro afirmou que os ministros estão bem.

A expectativa é de que o próprio presidente Jair Bolsonaro seja submetido a um novo teste agora no início da semana para que ele possa voltar a trabalhar no Palácio do Planalto. O presidente ainda fez questão de ressaltar a posição da Associação Médica Brasileira, que defendeu em nota que a utilização da cloroquina, defendida pelo presidente, é uma decisão do médico e que pode ser utilizada mesmo sem comprovação cientifica. Segundo o último balanço do Ministério da Saúde, o Brasil já registrou mais de 2,1 milhões de casos do coronavírus e mais de 80 mil falecimentos pela infecção.

*Com informações da repórter Luciana Verdolin