O fundador e CEO do Facebook, Mark Zuckerberg, concedeu uma entrevista ao Axios onde aproveitou para rejeitar a ideia de que fez um acordo com o Presidente dos EUA, Donald Trump, para a empresa não sofrer regulamentações.

“Também já ouvi esta especulação por isso me deixem ser claro: Não há acordo de qualquer tipo. Na verdade, toda a ideia de um acordo é bastante ridícula”, afirmou o líder da empresa tecnológica.

Ao contrário de outras redes sociais como o Twitter, o Snapchat ou o Twitch, o Facebook tem evitado moderar qualquer tipo de publicação da campanha de Trump, o que deu origem a um protesto dos anunciantes e ao boicote de múltiplas empresas.