Corinthians e Palmeiras protagonizarão na próxima quarta-feira, 22, às 21h30 (de Brasília), em Itaquera, um clássico marcante. Pela primeira vez na história, afinal, um dérbi será disputado sem torcida. Pior para o Timão, que jogará em casa e não poderá contar com o apoio da Fiel? Segundo Vampeta, não. Em participação no Esporte em Discussão, o ex-jogador e atual comentarista do Grupo Jovem Pan surpreendeu e disse que a realização da partida com portões fechados favorecerá a equipe alvinegra. De acordo com o Velho Vamp, se houvesse torcida no jogo, a equipe comandada por Tiago Nunes poderia sentir ainda mais pressão, já que está em situação delicada no Campeonato Paulista.

“Se não tem a pandemia e o futebol segue naquela sequência, o Corinthians não iria ganhar do Palmeiras… Nem jogando em casa!”, disparou Vampeta. “E esse momento, sem torcida, eu acho que até favorece o Corinthians, porque, naquela fase que vinha, jogando mal, já pensou a Arena de Itaquera lotada? A bola começa a pegar fogo! O Oeste, que começou muito mal, vai ser o último adversário do Corinthians e, agora, está disputando para se classificar. Quer dizer… Iria arrumar uma dor de cabeça grande depois do Palmeiras, também! Mas não… O futebol parou, todo mundo vai voltar igual, o Palmeiras ainda perdeu o Dudu, seu principal jogador…”, acrescentou.

Com uma campanha pífia de duas vitórias, cinco empates e três derrotas em dez jogos, o Corinthians dificilmente conseguirá se classificar ao mata-mata do Paulistão. O time alvinegro é o terceiro colocado do Grupo D e, com seis pontos em disputa, está a cinco do segundo colocado, Guarani. Ou seja: para avançar às quartas de final, terá de vencer os dois jogos restantes e torcer para o Bugre não triunfar em nenhum deles. Pior que ser eliminado ainda na primeira fase, no entanto, seria o rebaixamento à Série A2 do Estadual. E o risco existe. A equipe comandada por Tiago Nunes ocupa a 10ª posição na classificação geral e está a apenas três pontos do Botafogo-SP, 15º colocado e primeiro time dentro da zona de descenso. A boa notícia para a Fiel, porém, é que, entre os dois times, há mais quatro – Ferroviária, Oeste, Ituano e Água Santa –, que precisariam elevar o desempenho para rebaixar o Corinthians à segunda divisão paulista.

Confira, abaixo, o debate sobre o tema no Esporte em Discussão: