Em outro desdobramento do processo envolvendo Johnny Depp, Amber Heard e o tabloide britânico The Sun, a atriz afirmou que o ex-marido tentou jogar sua irmã da escada. Nesta terça-feira, 21, Heard — que em entrevista à publicação em 2018, afirmou ter sido agredida pelo ex-marido durante o casamento — se declarou inocente de ter forjado provas para corroborar suas acusações, mas confirmou ter agredido o antigo companheiro, mas para defender sua irmã, Whitney, das ameaças dele.

“Ele estava prestes a jogá-la da escada quando aconteceu. Eu lembrei de quando ouvi que ele também tentou fazer o mesmo com uma antiga namorada, acho que Kate Moss”, disse Amber no tribunal, segundo o site The Hollywood Reporter. O advogado de Depp questionou o porquê de ela nunca ter mencionado o incidente. Ela afirmou nunca ter tido “liberdade, tempo ou espaço” para listar tudo que aconteceu durante seu casamento. “Depois de tudo que passei, digo que fui enforcada, agredida e sexualmente assediada, entre outras coisas.”

O ator nega todas as acusações, e afirma que as agressões partiram apenas da ex-esposa. Ele também a acusa de tê-lo traído com o empresário Elon Musk e também com o colega de profissão James Franco. Depp e Amber se conheceram em 2011, durante as gravações do filme Diário de Um Jornalista Bêbado. Eles se casaram em 2015, e no seguinte deram início ao processo de divórcio.