A Polícia Civil de São Paulo procura por três homens suspeitos de terem invadido e pichado a Arena Corinthians, nesta quarta-feira (22). Um torcedor do Palmeiras, que teria participado da ação, foi identificado pelos policiais por meio das redes sociais e levado para prestar depoimento na tarde de ontem no Sexagésimo Quinto Distrito Policial, em Artur Alvim, na zona leste da capital. Investigadores disseram à Jovem Pan que os suspeitos entraram com facilidade no gramado pelo setor oeste do estádio.

Até o momento, as câmeras de segurança da Arena pouco ajudaram nas investigações. Imagens divulgadas nas redes sociais mostram pichações com tinta spray em arquibancadas, gramado, traves, placas de publicidade e no túnel de saída de emergência. Em nota, o Corinthians lamentou o ocorrido e chamou o ato de “criminoso“. Diretores do clube registraram boletim de ocorrência e estão fornecendo gravações do circuito interno de segurança para auxiliar na investigação do caso.

*Com informações do repórter Leonardo Martins