O Governo do Estado de São Paulo anunciou nesta sexta-feira (24) as novas classificações das diretorias regionais de saúde de acordo com o Plano São Paulo e o governador João Doria confirmou a oitava quarentena decretada, que vai de 27 de julho até 10 de agosto. Como já era esperado, nenhuma região avançou para a Fase 4 – Verde. As regiões de Araçatuba e Campinas, que estavam classificadas na quarentena mais restritiva, avançaram para a Fase 2 – Laranja. Já Araraquara passou para a Fase 3 – Amarela.

O Estado de São Paulo tem nesta sexta-feira 463.218 casos confirmados da Covid-19 e 21.206 óbitos. A taxa de ocupação de UTI no Estado está em 66,1% e na Grande São Paulo em 63,6. O número de internados, entre confirmados e suspeitos, mostra que 5.816 estão em UTI e 8.477 estão em enfermaria. De acordo com o prefeito Bruno Covas, a capital está “colecionando bons resultados” ao passar pela oitava semana com queda no número de mortes por Covid-19. Segundo ele, o ápice foi entre os dias 18 e 24 de maio quando foram registrados 767 óbitos. Na semana dos dias 13 e 19 de julho foram 320 casos fatais.

O governador João Doria informou também nesta sexta a abertura de 100 novos leitos de UTI nas próximas duas semanas no interior do Estado — especialmente as regiões que estão nas fases 1 – Vermelha ou 2 – Laranja. “Com isso ampliamos o cuidado protetivo para a população dessas cidades”, disse Doria. Ele ainda ressaltou que São Paulo tem mais de 8 mil leitos de UTI em atividade e que esse número é maior do que países como Itália, Espanha e Portugal e próximo da Grã Bretanha.

Novas classificações

Fase 1 – Vermelha: Franca, Piracicaba e Ribeirão Preto
Fase 2 – Laranja: Araçatuba, Barretos, Bauru, Campinas, Marília, Presidente Prudente, São João da Boa Vista, São José do Rio Preto, Sorocaba, Tatuapé e GSP Norte (Franco da Rocha).
Fase 3 – Amarela: Araraquara, Baixada Santista, Registro, GSP Leste (Guarulhos), GSP Oeste (Osasco), GSP Sudeste (ABC) , GSP Sudoeste (Taboão) e cidade de São Paulo.