Rafinha, lateral direito do Flamengo, falou sobre o processo de desvinculação de Jorge Jesus do clube rubro-negro. De acordo com o jogador, a diretoria do clube falhou ao não se planejar para a saída do treinador português. “Nós temos que ser realistas: nessa parte o Flamengo falhou. Ninguém imaginava que ia acontecer isso, ninguém pensava que ele ia sair, ainda mais tendo renovado um mês antes. Então nessa parte até o próprio clube já se pronunciou dizendo que falharam. Não ter uma segunda opção caso ele rescindisse ou voltasse para o país dele, o Flamengo não se preparou para isso”, disse à ESPN.

No momento, Marcos Braz, vice-presidente de futebol do Flamengo, está na Europa para buscar um substituto do Mister. Um dos cotados para ocupar o cargo de treinador é Domènec Torrent, auxiliar de Guardiola no Bayern de Munique na época em que Rafinha estava lá. Questionado sobre a qualidade do espanhol, o lateral foi só elogios. “Foram três anos que trabalhamos juntos no Bayern, depois ele foi para o City com o Pep. É aquela história, ele é da escola do Cruyff, né? É um cara que sabe tudo e mais um pouco de bola. No Bayern, os treinamentos quem dava era ele, o Guardiola ficava só corrigindo e tal. É um cara que dispensa comentários”, exaltou.

Rafinha, por outro lado, acredita que, independente do treinador que for contratado, ele dificilmente repetirá os feitos de Jorge Jesus. “Agora é o seguinte: esse é o problema. É complicado pegar um time na situação que a gente está porque tudo que acontecer agora vai ficar na sombra do cara. O Jorge Jesus teve mais título que derrota, o trabalho dele foi f…, foi demais. Agora sendo realista, nenhum técnico que vier para o Flamengo vai querer manter a linha dele. Imagina se você pegar um treinador e ele vai falar pra gente continuar fazendo o que a gente estava fazendo, isso não acontece no futebol. Cada treinador tem seu método de trabalho, seu sistema. E isso vai custar, mas é o que a gente sempre fala: agora é outro ciclo que começa. Jorge Jesus acabou, não está mais. Então é um novo ciclo que começa. Vai começar ganhando? Vai começar perdendo? Ninguém sabe”, opinou.

Carlos Carvalhal e Leonardo Jardim são outros treinadores especulados no time carioca, que se prepara para o início do Campeonato Brasileiro, marcado para começar no dia 8 de agosto. O Flamengo começará a sua trajetória na competição diante do Atlético-MG, no domingo (9), no Maracanã.