Após os anúncios da saída dos jornalistas Márcio Gomes e Gloria Vanique da Rede Globo, a CNN anunciou o nome de mais um jornalista “roubado” do Plim Plim: Carla Vilhena. A emissora anunciou nesta segunda-feira, 26, a contratação de Carla, que pediu demissão da Globo em 2018 para se dedicar a outros projetos profissionais. Nos 34 anos de casa, a apresentadora passou pelos principais jornais, como Jornal Nacional, Fantástico, Jornal Hoje, Bom Dia Brasil e Jornal da Globo. “É o terceiro reforço da emissora, em uma semana, para ampliação do projeto multiplataforma e para a programação do Pay TV”, disse a CNN.

“Carla Vilhena é uma profissional consagrada, que já faz parte da história da televisão brasileira. Seu talento inquestionável e reconhecido pelo grande público agregará muito valor ao nosso projeto”, afirma Douglas Tavolaro, CEO e sócio-fundador da CNN Brasil, após a contratação. “Fazer parte do maior canal de jornalismo do mundo é um orgulho para qualquer profissional. O jornalismo nunca saiu de mim. Por isso, a proposta de participar de um projeto tão ousado e importante para o Brasil me fisgou na hora”, declarou Carla sobre o convite da CNN.