A chegada do Disney+ no Brasil foi muito celebrada nas redes sociais. Foram muitos os elogios, mas também teve reclamações e uma delas foi envolvendo o maior sucesso da Broadway na atualidade, o musical “Hamilton”. A gravação do espetáculo com o elenco original está disponível no catálogo da plataforma, mas sem legenda em português. A Jovem Pan entrou em contato com a assessoria de imprensa da plataforma de streaming e foi informada que o título estava sem a legenda por uma “decisão artística”. Os assinantes passaram criticar essa decisão nas redes sociais, o criador a obra, Lin-Manuel Miranda, se posicionou: “Estamos trabalhando com legendas em português e espanhol (e outros idiomas). Lamento que não tenham ficado prontos a tempo, me sinto péssimo. Mas estamos trabalhando nisso! Obrigado!”.

O musical conta a história do primeiro tesoureiro e pai-fundador dos Estados Unidos, Alexander Hamilton, e chamou atenção por misturar estilos musicais dando evidência ao hip-hop. Com uma trilha sonora elogiada, é complicado entender o musical sem um bom nível de inglês, já que as músicas possuem uma rápida dinâmica – Guns and Ships, por exemplo, é considerada a canção mais rápida da história da Broadway, pois são cantadas cerca de 6,3 palavras por segundo. O musical estreou como um espetáculo Off-Broadway, porém rapidamente foi para em um dos principais teatros de Nova York, o Richard Rodgers Theatre. Em 2016, “Hamilton” teve um recorde de 16 indicações ao Tony Awards, o Oscar do teatro musical americano, e conquistou 11 prêmios. Disputadíssimo na Broadway, os ingressos para o show chegam a ultrapassar US $ 800 (mais de R$ 4,2 mil). A gravação do espetáculo só entraria para o catálogo do Disney+ no ano que vem, mas com a pandemia o streaming decidiu antecipar a estreia para julho este ano com o intuito de atrair mais assinantes nos Estados Unidos.

Lin-Manuel Miranda nasceu nos Estados Unidos, mas é filho de porto-riquenhos e, sabendo das dificuldades que os imigrantes enfrentam no seu país a área artística, ele levantou a bandeira blind cast (elenco cego) ao escolher os atores de “Hamilton”. Esse movimento que está ganhando força nos Estados Unidos visa dar mais oportunidades a artistas de diferentes etnias, que muitas vezes perdem papeis de destaque por não seguirem determinados padrões físicos. No conceito do blind cast, o ator é escolhido pelo seu talento e não por ser parecido com um personagem – o próprio Alexander Hamilton, protagonista do espetáculo, já foi vivido por atores negros, brancos e asiáticos.