A cantora Miley Cyrus conseguiu se manter sóbria por um tempo, desde o fim de 2019, quando fez uma cirurgia na garganta, mas com a pandemia causada pela Covid-19, a artista teve uma recaída. “Assim como muita gente, sendo bem sincera, não consegui durante a pandemia. Eu nunca poderia sentar aqui e dizer que ‘eu estive sóbria’. Eu não estive e eu tive uma recaída e agora que estou sóbria novamente há duas semanas, sinto que posso aceitar o que aconteceu no passado”, desabafou a artista durante entrevista com o radialista Zane Lowe.

Ela também falou sobre o chamado “Clube dos 27“, artistas que morreram aos 27 anos de idade por causa do consumo de álcool e drogas, como Amy Winehouse. “Os 27 para mim foi um ano que tive que me proteger muito. Isso realmente me fez querer continuar sóbria porque nós perdemos tantos ícones aos 27. É um momento muito crucial. Ou você entra em uma nova fase ou é o seu fim. Sinto que alguns artistas não conseguiam controlar seu próprio poder”, disse. Miley acredita que é uma pessoa muito disciplinada e tem o controle sobre o consumo de substâncias: “Nunca é fácil, mas é bem fácil para mim estar sóbria ou não porque o dia que eu quero parar, eu paro. O que quero usar, eu uso. Quando eu não quero mais é isso”. A cantora disse que agora reconhece os motivos que a fazem ter recaídas e que é mais tranquilo administrar o lado emocional dessa maneira.

*Com informações da Agência Estado