A cantora Jessie J, de 32 anos, foi diagnosticada com a síndrome de Meniére, um distúrbio no ouvido interno que causa episódios de vertigem (tontura). A artista relatou, em uma publicação em sua página oficial no Instagram, que acordou como se estivesse surda do ouvido direito e que não conseguia andar em linha reta. Ela passou o dia com um zumbido no ouvido, como “se alguém tivesse ligado um secador de cabelo dentro dele”. Também no post, Jessie J contou que estava assistindo a série ‘O Gambito da Rainha’ “com o dedo no ouvido” e que precisou rever o primeiro episódio quatro vezes, porque estava sem foco. “Vibrações estranhas e não tradicionais para a véspera de Natal“, escreveu a cantora.

Jessie J também fez uma lista de tudo o que tinha acontecido com ela naquele dia. Além de ter ido a um otorrinolaringologia, que disse que ela teria a síndrome de Méniere, a cantora tirou um cochilo, cozinhou um macarrão, fez as sobrancelhas e um tratamento facial, se “cobriu com óleo de coco e caminhou pelada até secar ouvindo músicas natalinas”, falou com pessoas que a fazem feliz e escreveu algumas de suas intenções para 2021. Ela também contou que teve uma crise de choro. “Estou com saudades dos meus amigos e família. É importante deixar isso [choro] sair e sentir, mas não fique parado. Se você não pode mudar isso, não deixe que estrague seu Natal”, disse. “Enviando amor a todo mundo que precisa disso, estando ou não sozinho. Todos precisamos de uma dose extra de amor. Esse Natal pode ser um pouco anormal. Mas uma vez na vida não é ruim, enquanto há pessoas que nunca tiveram um bom Natal nas suas vidas inteiras. Pense sobre o que você fez essa semana, e não o que não fez. Eu sou tão grata, fazendo o máximo do meu tempo sozinha. Talvez eu nunca fique desse jeito de novo”, refletiu a cantora. Ela lembrou, ainda, os seus seguidores da importância do uso da máscara e dos cuidados com a Covid-19. “Temos que trabalhar juntos para sair dessa juntos”, finalizou.