Um dos casais mais famosos de Hollywood parece ter chegado ao fim. Kim Kardashian e Kanye West estariam se divorciando e o término teria partido da socialite, de acordo com o jornal The New York Post. A publicação afirmou que diversas fontes afirmaram que “o divórcio é iminente” e que Kim estaria contratando uma advogada de divórcio das estrelas, a famosa Laura Wasser. “Eles estão mantendo tudo discreto, mas estão prontos”, disse uma fonte. “Kim contratou Laura Wasser e eles estão em negociações”, disseram as fontes.

Os rumores de uma separação vêm desde julho de 2020, quando Kanye foi às redes sociais e disse estar tentando se divorciar da mulher há dois anos. Nos últimos dias, Kim não foi vista com a aliança de casamento, enquanto o cantor preferiu passar as festas de final de ano em seu rancho no Wyoming ao invés de participar das festividades da família Kardashian. “Kim fez Kanye ir para lá [Wyoming] para que eles pudessem viver vidas separadas e discretamente resolver as coisas para se separarem e se divorciarem. Ela terminou”, continuou uma fonte.

Todo o desentendimento entre o casal teria começado porque a socialite se cansou de proteger o marido. “Agora esse divórcio está acontecendo porque Kim cresceu muito. Ela está falando sério sobre fazer o exame da ordem e se tornar advogada, ela está falando sério sobre sua campanha pela reforma da prisão. Enquanto isso, Kanye está falando sobre concorrer à presidência e dizer outras coisas malucas, e ela está farta disso”, explicou. O rapper, no entanto, estaria cansado da vida extravagante da família Kardashian. Kim e Kanye estão juntos desde 2014 e tem quatro filhos.