O jornalista Luís Ernesto Lacombe acredita que sua saída da Band foi motivada pelas opiniões políticas que expressava ao vivo no extinto programa matinal “Aqui na Band” – revista eletrônica que apresentava com Silvia Poppovic. A mudança de emissora aconteceu quando Lacombe foi demitido da Globo após completar 25 anos de casa. “Fiquei um pouco perdido de imediato, até um pouco traumatizado com tudo. Demorei um tempo para digerir o que estava acontecendo, observar o mercado”, contou o jornalista ao canal do YouTube 1Bilhão Educação Financeira. Ele até pensou em deixar o Brasil e ir morar na Alemanha com a família, mas após alguns meses por lá desistiu da ideia. O apresentador decidiu então assinar com a Band para sair da sua zona de conforto e apresentar um reality show que foi gravado durante quatro meses na República Dominicana.

“Quando terminou o reality, eu comecei a conversar sobre outros projetos e surgiu o ‘Aqui na Band’. Nada foi muito planejado”, contou Lacombe. O programa, que a princípio contava com pautas de comportamento, começou a abordar pautas política e os comentários do apresentador passaram as ter repercussão. Segundo o jornalista, mais de 95% da imprensa apoia a esquerda, e o público mais conservador passou a se identificar com as opiniões dele. Devido ao retorno de audiência que passaram a ter, as pautas políticas foram ganhando espaço na atração matinal. “Cada vez que tínhamos, Silva e eu, uma discussão política, ela se posicionava mais progressista, mais para a esquerda e eu mais liberal, mais conservador, nossa audiência dava um pulo e a repercussão nas redes sociais era enorme.”

A repercussão era grande, mas as críticas também e o programa acabou sendo tirado do ar. “Foi uma espécie de censura que a gente sofreu na Band, que acabou culminando com o fim do ‘Aqui na Band’ e me fez sair da emissora. A gente sofreu uma intervenção, nossas pautas tinham que ser aprovadas pelo jornalismo, tinha que passar pela direção, a gente começou a perder a liberdade de comentar”, contou o jornalista, que entrou em um acordo com a emissora e ambos decidiram que o melhor era a sua demissão. Devido ao programa, Lacombe conseguiu visibilidade e quis continuar se posicionando politicamente. Atualmente, ele está trabalhando na RedeTV! e apostando em novos projetos em plataformas digitais.