A convivência entre os casais no “Power Couple Brasil” já está gerando atrito e Li Martins começou a dizer na casa que levou um empurrão de Márcia Fellipe. A ex-integrante do grupo Rouge contou para alguns participantes que foi abraçar a cantora após ela se livrar da D.R. e Márcia, além de recusar o abraço, empurrou seu braço e saiu cantando: “Eu não vou embora”. Fernanda Medrado comentou que as duas deveriam conversar antes de Li sair dizendo pela casa que tinha levado um empurrão da colega de confinamento. MC Mirella, que também estava na conversa, falou: “Não pode empurrar, isso é agressão”. A ex-Rouge disse que o empurrão não chegava a esse ponto e explicou: “Eu só achei uma falta de maturidade porque a gente conversou, se abraçou, perguntei se estava tudo certo e ela me abraçou e disse que estávamos jogando”. Fernanda Medrado comentou que não sabia que elas já tinham conversado. Li contou que na conversa que teve Márcia, a cantora falou que achou que ela tinha combinado seu voto com outro casal. “Não foi [combinado], foi uma coincidência. A gente ia ou na Mirella ou nela [Márcia], porque eram os casais mais fortes e o que a gente conversava menos”, concluiu a artista. Vale ressaltar que Mirella e Dynho são o Casal Power da semana. Se o empurrão aconteceu de fato ainda não ficou claro, mas isso deve ser esclarecido na edição desta sexta-feira, 14, do “Power Couple”.

p