A Prefeitura do Niterói está realizando a instalação de 46 placas na rua que, agora, recebe o nome do humorista Paulo Gustavo, que morreu no último dia 4 de maio vítima de complicações relacionadas à Covid-19. A rua escolhida para homenagear o artista chamava Coronel Moreira César e fica bairro de Icaraí, em Niterói, região em que o ator cresceu. A mudança no nome da rua aconteceu após uma pesquisa que contou com mais de 34 mil participantes e teve mais de 90% de aprovação dos niteroienses. A troca de nomes também foi aprovada pela Câmara de Vereadores. As placas da Rua Ator Paulo Gustavo possuem uma foto do artista, uma pequena descrição do seu trabalho e frases marcantes ditas por ele, como “Rir é um ato de resistência” e “O humor salva, transforma, alivia, cura e traz esperança para a vida da gente”. Na manhã desta quinta-feira, 20, moradores locais que passavam pela via perceberam a mudança e pararam para tirar fotos das novas placas.

Além dessa homenagem, também está sendo preparado em Niterói um circuito cultural inspirado em Paulo Gustavo e uma estátua do artista será colocada no parque Campo de São Bento. “É muito justo que a nossa cidade retribua e demonstre admiração pelo trabalho de Paulo Gustavo, que sempre exaltou Niterói em seus trabalhos e ajudou muitas famílias niteroienses durante a pandemia da Covid-19. Diversas vezes o ator se mostrou preocupado e engajado na luta contra o coronavírus e no apoio aos mais vulneráveis. Viva, Paulo Gustavo”, comunicou a Prefeitura do Niterói pelas redes sociais. Déa Lúcia Vieira Amaral, mãe do ator, repostou nas redes sociais as homenagens que estão fazendo com as placas de rua dedicadas ao filho. A atriz Regina Casé comentou: “Todas as ruas e todo o amor sempre nos levarão até você… te amo”. Tatá Werneck também se pronunciou: “Paulo virou nome de rua. É uma linda homenagem. Um gesto de carinho depois desse golpe brutal. Ele deve estar “feliz”. Desculpa, mas feliz ele estaria junto dos filhos e da família. Que vire símbolo de justiça. Que vire estímulo para que respeitemos a vida uns dos outros”.