A cantora Simone Mendes, da dupla com Simaria, passou por um procedimento cirúrgico neste final de semana. A cantora de 37 anos deu à luz a sua segunda filha, Zaya, há três meses e desde então estava sofrendo com muitas dores e sangramento contínuo no útero. Por conta disso, precisou operar da Adenomiose, uma doença onde ocorre um espessamento dentro das paredes do próprio útero provocando sintomas como dor, sangramento ou cólicas fortes, especialmente durante a menstruação. De acordo com sua assessoria de imprensa, nesse período a cantora buscou diversos tratamentos, indicado por seu médico Dr. Renato Kalil, como tratamento hormonal, uso de Diu Mirena e outros mais complexos. Após a realização de alguns exames, Simone entrou em consenso com a equipe médica e decidiu por uma histerectomia, a remoção total do útero. O procedimento foi realizado por videolaparoscopia, já que a artista tinha realizado uma laqueadura logo após o nascimento da segunda filha. Mãe de Henry, a cantora passa bem e segue em repouso no pós-operatório.

Confira abaixo a nota enviada pela assessoria:

Simone operou da Adenomiose. Ela estava com um sangramento continuo, por quase 3 meses após o parto e com muitas queixas de dor e até hemorragias intensas. Ao longo deste período, a artista buscou outros tratamentos, indicados pelo Dr. Renato Kalil – tratamento hormonal, uso de Diu Mirena e outros mais complexos -, mas após exames e em consenso entre a artista/médico, optou-se por uma histerectomia, realizada por videolaparoscopia para a retirada do útero, já que a artista já havia realizado a Laqueadura após o nascimento Zaya. Simone passa bem e segue em repouso pós procedimento.