A advogada Deolane Bezerra, viúva do cantor MC Kevin, fez um discurso no velório do funkeiro, que foi aberto ao público e aconteceu nesta terça-feira, 18, no Rio de Janeiro. O momento foi registrado por fãs e compartilhado nas redes sociais. Apontando para o caixão, Deolane disse: “Isso aqui é amizade, ele está aqui hoje por amizade”. Segundo a advogada, Kevin foi até o 5º andar para dar dinheiro aos amigos. “Meu marido estava deitado comigo e teve que descer para pagar conta de hotel de gente que deveria ter vindo embora para São Paulo, mas quis ficar lá com ele e se intrometer na nossa vida. Ele se sentiu na obrigação de ser o paizão de todo mundo. Nós não somos obrigados a tolerar gente sangue suga do nosso lado, todos nós temos que fazer por onde e fazer o nosso”, disse a viúva deixando claro que se incomodou com a situação.

Deolane continuou dizendo que quando Kevin começou a praticar atividade física, ele ficou três meses sem beber e, mesmo com ciúmes, ela percebeu que frequentar a academia fazia bem a ele. “Bebida é bom, eu também bebo, mas tudo tem limite. Cansei de falar para o Kevin, tudo tem consequência na vida e aqui é uma consequência”, afirmou apontando novamente para o caixão. De acordo com a advogada, ela e Kevin tinham se desentendido por causa dos amigos considerados por ela como más influências. “Eu estava dormindo esperando meu marido chegar. Tinha brigado com ele antes de dormir. Foi um mal-entendido porque os amigos dele estavam sugando ele mais uma vez. Subiu para pegar o dinheiro de um, não falei nada. Subiu para pegar o dinheiro de outro e eu falei: ‘Poxa, vida, você é otário dos outros? Por que eles não foram embora?’. Era para ficar só eu, ele e um casal de amigos, não cinco, seis caras procurando bagunça na beira da praia. Homem casado não anda com homem solteiro, são vidas diferentes, são atitudes diferentes”, afirmou.

Durante o discurso, Deolane também disse que seu relacionamento com Kevin sempre foi intenso: “Eu amei, eu perdoei. Eu e o Kevin passamos um ano e três meses juntos e valeu mais que 10 anos de casamento de muitas pessoas que estão aqui”. O funkeiro morreu no último domingo, 16, após cair do 5º andar de um prédio na Barra de Tijuca, Rio de Janeiro. O caso está sendo investigado pela Polícia Civil do Rio de Janeiro e, até então, havia duas teorias. Uma delas é a de que Kevin tinha descido para curtir com os amigos e tentou, no desespero, pular para a varanda do apartamento ao lado, pois achou que a esposa estava chegando no local. A outra versão é de que Kevin teria tentado pular do 5º andar na piscina, mas acabou batendo a cabeça na borda. Nas redes sociais, a viúva do cantor postou alguns stories dizendo que estão sendo contadas muitas mentiras, mas ela ainda não quer se pronunciar. Conforme o discurso feito por ela no velório, Kevin teria descido para dar dinheiro aos amigos, mas o motivo da queda ficou em aberto.