O icônico modelo Ford T é um marco na indústria de automóveis, salienta Fernando Siqueira Carvalho, entusiasta e apaixonado por carros antigos. O sucesso do carro foi tão grande que foi produzido e amplamente distribuído por 19 anos, em um contexto de compra e venda de carro totalmente diferente, entre os anos 1908-1927, sendo assim, um sucesso.

O maior diferencial do modelo, além de sua robustez e beleza, segurança e facilidade para se dirigir, era o preço baixíssimo no mercado, isso explica o enorme sucesso de vendas na época. O Ford T foi o primeiro veículo fabricado em produção de larga escala, uma sacada que o proprietário Henry Ford teve e foi pioneiro no empreendimento.

A produção em larga escala de automóveis teve início com o Ford T, revolucionando, assim, o mercado automobilístico para sempre. Foi um marco na indústria, afirma Fernando Siqueira Carvalho. Com a famosa esteira, onde os funcionários eram responsáveis por montar partes específicas do veículo, não o automóvel inteiro, um processo de sistematização e ganho de tempo.

Com essas medidas de produção adotadas, o preço do Ford T despencou, dessa forma, tornou-se um automóvel acessível na época. No ano de seu lançamento custava US $850, e o preço tendeu a cair, custando em 1927 apenas US $290. Por esse motivo, o carro foi um dos mais vendidos naquele período.

O recorde de mais de 15 milhões de unidades vendidas do veículo só foi superado décadas depois pelo Fusca, em 1972. Possuía em sua estrutura resistente, composta de madeira e aço em seu assoalho e o restante dos compartimentos do carro de aço. “Sua estrutura e características únicas fazem muito sucesso entre os amantes de carros antigos e eu sou um deles”, brinca Fernando Siqueira Carvalho, apaixonado pelos modelos antigos.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui